Confira Dicas para Fazer um Bom Currículo! - Contato
Abrir menu

23/12/2019

09:13

Para elaborar um bom currículo e ser selecionado pelos recrutadores das empresas, é preciso prestar atenção na hora de criar esse documento que pode ser seu passaporte para o novo emprego. E os cuidados vão da escolha do visual da página até o uso correto da Língua Portuguesa.

De acordo com o responsável pelo Departamento Pessoal da Contato Internet, Diogo da Silva, o ideal é que o candidato traga o currículo até à empresa ao invés de só enviar por e-mail. “Quando há vaga aberta, o entrevistador quer conversar”, explica. 

Claro, é bom lembrar que há casos em que os empregadores que divulgam uma oportunidade especificam que desejam receber o currículo pela internet, então fique atento ao que diz o anúncio de emprego.

Confira dicas:

Visual do currículo

- Crie um currículo com uma ou duas páginas, no máximo;

- Escolha um modelo de currículo simples, sem fundo escuro e que não tenha uma formatação mirabolante, pois isso pode prejudicar a leitura. Menos é mais!

 - Escreva com letra tamanho 12, e fontes Times New Roman ou Arial;

- Cuide os erros ortográficos e revise o currículo antes de entregá-lo às empresas. Peça para outra pessoa de confiança ler, uma segunda opinião pode ajudar!

- Deixe espaçamentos entre os tópicos abordados. Exemplo: entre uma experiência profissional e outra para a leitura ficar agradável – muita informação amontoada deixa o texto confuso!

- Destaque as informações como o nome das empresas com recursos como Negrito e deixe elementos como a função e ano juntos. Exemplo: Empresa X - Função / Ano.

Informações pessoais

- Coloque seu nome completo, telefone e endereço para o RH conseguir localizar você para entrevistas ou lhe dar um retorno;

- É interessante também incluir uma foto;

Informações profissionais

- Na seção "Objetivos" do currículo, descreva o que você espera/deseja com relação ao emprego, mas seja específico pois isso demonstra interesse. Descreva os "Objetivos" considerando a vaga desejada. 

Exemplo: se você se candidatou para um trabalho na área de Publicidade, sua meta pode ser aprender ainda mais sobre a área na prática, aprimorar conhecimentos, desenvolver campanhas criativas; contribuir com projetos de valor à empresa, etc. Não escreva objetivos vagos e não utilize os mesmos em todos os currículos que você entregar.

- Cite as experiências profissionais sempre das mais recentes às mais antigas;

- Facilite a vida do RH! Não use termos muito técnicos e tente explicar de forma simples e clara sobre seus trabalhos anteriores. Deixe para dar mais detalhes na hora da entrevista de emprego;

- Sua experiência profissional é exatamente o que a empresa está procurando? Então você pode detalhar sobre seus trabalhos anteriores, citando sua função, atividades desempenhadas e o tempo em que esteve no emprego;

- Você possui cursos que tenham a ver com essa vaga? Inclua essa informação no currículo – coloque os nomes da instituição de ensino e do curso e ano em que estudou lá!

- Você não tem muita experiência na área da vaga para a qual se candidatou? Então não precisa citar capacitações ou trabalhos sem relação com a função, só inclua o nome da empresa/curso e o tempo de permanência no estabelecimento/instituição.

- Se você tiver muitas experiências, cite as mais relevantes. E se você possuiu pouca ou nenhuma atuação profissional, comente sobre cursos, trabalho voluntário e outras vivências que proporcionaram aprendizados para você.